sexta-feira, setembro 30, 2005

Caricato


18h30 de uma terça-feira. Um casal e filhos chegam ao Centro Cultural Português da Praia para ver a exposição de fotografias de Omar Camilo. Bateram com a cara na porta. O horário de funcionamento do Centro é tão burocrático quanto um departamento da administração pública. Das oito ao meio-dia e das duas às seis da tarde. Sem apelo nem agravo.

Depois do casal, chegaram outras pessoas, talvez uma dezena. Ficaram indignados. “Como é que se pode ver uma exposição, num dia de semana, se só abrem quando estamos a trabalhar?”, reclamava uma senhora. E com razão. Agentes culturais e artistas reclamam do público, da falta de gente nas exposições de arte, mas há que criar estímulos para atrair os olhares.

No Palácio da Cultura não é diferente: está sempre fechado aos fins-de-semana e no horário pós laboral. Ou seja, quando a maior parte das pessoas tem tempo disponível para visitar as exposições. Outro mau exemplo vem da Biblioteca Nacional e do Arquivo Histórico. Durante o verão, respeitaram o período único: até as 15h. E no resto da tarde, na txabi.

Estamos a falar de espaços culturais ou de departamentos da administração pública?

4 Comments:

Blogger TWPAdmin fla ma...

Hey, you have a great blog here! I'm definitely going to bookmark you!

I have a online dating
. It pretty much covers online dating
related stuff. It's full of resources and articles. Come and check it out if you get time :-)

3:54 da tarde  
Blogger Roberto Iza Valdes fla ma...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

6:45 da tarde  
Blogger Clickbank Mall fla ma...

Come Visit Santa at his blog and tell him what you want for Christmas,

10:09 da tarde  
Blogger Music Center fla ma...

Hi, Thanks for your interesting blog. Keep up the great work! I also have a site & blog about music, please feel free to visit.

6:58 da tarde  

Enviar um comentário

<< Volta pa Lantuna

Desde 27/11/2004